18 de mar de 2011

ENGRAÇADO.


euri#
euri#


 BOM! =)

¬¬

FELIZ! ;)



Lupe☾

Ao meu saudoso Álvares de Azevedo.


Ah!
Meu saudoso Álvares de Azevedo!
Eu sei o que sentias
Eu sinto o que sentias.
Eu entendo o que é viver numa falsa verdade
Eu sei o que é ser vítima de si mesmo
Eu sei o que é estar presa dentro de teias que nós mesmos tecemos
Eu sei o que é procurar a liberdade meio a cadeados
Eu sei o que é estar viva e se sentir morta.
Sangrando em silêncio profundo
Ser um mais um zumbi,que perambula sem motivo
Eu sei o que é sentir sem ter a certeza do que é sentir
A solidão.
O abandono do meu EU.
O medo do meu EU
A infinita fuga do meu Eu
A minha persiguição,sobre mim mesma
O meu egoísmo,para mim,mim e só mim

Ah... meu saudoso Álvares de Azevedo,
estás me devendo uma noite  boêmia naquela taverna onde tudo começou.






Lupe☾